[Review] Brittainy C. Cherry – The Silent Waters

“Nem todas as coisas quebradas precisam ser corrigidas. Às vezes eles só precisam ser amados.”

Sobre a autora :Brittainy Cherry
Sobre o livro :  Skoob

 

 

Sinopse – 

the_silent_waters_1484753102590667sk1484753102bMomentos.

Nossas vidas são uma coleção de momentos. De alguma forma completamente doloroso e cheio de dores de ontem. Alguns maravilhosamente esperançosos e cheios de promessas de amanhã.

Eu tive muitos momentos na minha vida, momentos que me mudaram, me desafiou. Momentos que me assustaram e me engoliram. No entanto, os maiores – os mais dolorosos e deslumbrantes – todos o incluíam.

Eu tinha oito anos quando perdi minha voz. Um pedaço de mim foi roubado, e a única pessoa que realmente podia ouvir meu silêncio era Brooks Griffin. Ele era a luz durante meus dias negros, a promessa de amanhã, até que a tragédia o encontrou. Tragédia que o afogou em um mar de lembranças.  Esta é a história de um menino e uma menina que se amavam, mas não se amavam. Uma história de vida e morte. De amor e promessas quebradas. 

“Todo este tempo eu pensei que você estava lendo para escapar do mundo, mas agora eu sei, você não lia para escapar dele; Você lia para o descobrir.”

   Ás vezes a vida não acontece da maneira que você acha que deveria, muitas vezes momentos e pessoas , podem modificar e até mesmo traumatizar  por toda uma vida. Em quem confiar a partir dai ? Como retomar a vida após experiências tão traumatizantes ?

   A amizade entre Maggie May e Brooks é algo fascinante, sem cobranças, apenas aceitando um ao outro da maneira como ele realmente é. May pode ter deixado de se comunicar com o mundo da maneira convencional , mas não a impediu de viver atraves, dos livros, na segurança de seu lar. 

Às vezes as palavras eram mais vazias do que o silêncio.

Aqueles que acreditavam em você quando você não acreditava em si mesmo eram os que se mantinham firmes. “

    Com uma trama , com algumas reviravoltas, e descobrimentos inclusive de si próprios, Brittainy mais uma vez nos mostra que o diferente,  é mais comum do que imaginavamos. Basta não nos fecharmos as possibilidades, e muitas vezes precisamos, sacudir a poeira e irmos atras do nosso proprio final feliz. 

A música que mais identificou essa leitura é com Jessie J Flashlight. Relata bem essa união entre May e Brooks

Eu tenho tudo que eu preciso quando tenho a você e a mim
Olho ao meu redor e vejo uma vida boa
Estou presa no escuro mas você será como minha lanterna
Você me guia, me guia no meio da noite

XoXo

Klau Tks

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s