[Review] Renee Ahdieh – A rosa e a adaga

”Dois amantes teimosos, protegendo-se mutuamente da mesma ameaça “.

Sobre a autora :Renee Ahdieh
Sobre o livro :  Globo Alt , Skoob 

Review – Inspirada nos clássicos contos do livro As mil e uma noites, produzidos entre os medium_1746séculos XII e XVI, Renée Ahdieh criou uma história que conquistou leitores e chegou ao topo da lista de best-sellers do New York Times. A rosa e a adaga conclui o enredo de romantismo, traição, intrigas e mistério iniciado em A fúria e a aurora.

A jovem Sherazade chegou a acreditar que seu marido, Khalid, o califa de Khorasan, fosse um monstro. Mas por trás de seus segredos, ela descobriu um homem amável, atormentado pela culpa e por uma terrível maldição, que agora pode mantê-los separados para sempre. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq, ela concentra forças para quebrar a maldição e voltar a viver com seu verdadeiro amor.

Com uma narrativa envolvente e repleta de referências à cultura árabe, a autora desenvolve um universo de intriga política, magia negra e relações complexas. Os personagens, que em A fúria e a aurora já haviam conquistado o coração dos leitores, tornam-se ainda mais marcantes, profundos e sedutores.

“Corte as cordas, Shazi. Voe.”

   Se me perguntarem qual a minha paixão eu diria que são os contos de fadas, mesmo aqueles que são adaptações,e esse é o por que desta trama ter me cativado tanto. Sim nós temos a Shazi, correndo contra o tempo em um local em meio a inimigos. E alguns poucos amigos. A descoberta de tudo o que ela pode fazer.  e o verdadeiro significado de seu próprio casamento . 

“Nunca foi sobre pertencer a alguém. Era fazer parte de um alguém “

   Mesmo com tudo isso acontecendo com ela, ainda temos a perspectiva de Kalid, que mai uma vez mostra outro lado que muitos não conheciam, tentnado erguer sua então destruida cidade. 

“Das estrelas, às estrelas”

   Foi um bom final, Esta é uma daquelas histórias que te pegam pelo pé e não te soltam mais. A curiosidade até a ultima linha e a maneira como a trama se desenvolve deixando aquele fio de fascinação , são as coisas que mais gostei.

 

A musica que combina mais com A Sahzi e o Kalid é com Kodaline  the one

Você faz meu coração parecer que é verão
Quando a chuva está caindo
Você faz o meu mundo inteiro parecer certo quando ele está errado
É por isso que eu sei que você é a única
É assim que eu sei que você é a única

É fácil ter medo da vida
Com você eu estou preparado para
O que der e vier
Porque nossos corações vão deixar isso mais fácil
Juntando os cacos
Juntos se tornando um só

 

 

spotify:user:22gufepc5nwjwohop77la3egy:playlist:49GnYh1H6C4yGiJ5YXaqd5

XoXo

Klau Tks

 

 

 

[Review] Eloisa James – Quando a bela domou a fera

”Mesmo uma fragata ligeira devia ter a oportunidade de atracar a um porto antes de ser afundada.”

Sobre a autora :Eloisa James
Sobre o livro :  Arqueiro , Skoob 
Leia um trecho – Quando a bela domou a fera – degustação

Sinopse Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, Quando a quandobeladomoufera_capawebBela domou a Fera é uma deliciosa releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.

Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

 

— Eu disse- que não aceitaria uma esposa a não ser que fosse tão bela como o Sol e a Lua. O que é uma citação da literatura, caso não saibas. E acrescentei mais uma porção de outras condições, algumas garantidas para o pôr a espumar, num acesso de desespero. — Ele anda à procura da mulher ”

  Sabe aquele livro que te prende do inicio ao fim, e tu se pega imaginando o como o personagem vai sair de tal situação ? Eloisa James é fera em criar tramas que lhe levem a um novo patamar. Não podia ser diferente com este,  de um lado temos Linnet , que graças a um vestido mal interpretado, e uma serie de infortúnios se torna noiva de Piers

”— Deus Todo-Poderoso, você estás arruinada e nem sequer tiveste o proveito ”

 È claro que um acordo de conveniências é formado, o fato de Piers ter um temperamento um tanto quando rude e arrogante em diversos aspectos , não intimida Linnet. Sendo assim os dois acabam fazer surgir uma inusitada amizade. Não esqueçamos os demais personagens que , em quase todo o tempo auxiliam na reputação de nossos protagonistas sejam para o bem … ou não… 

”— Tem a certeza de que não preferia casar comigo? Viver com o Piers é viver com o próprio diabo. Já levo anos dele e sei o que digo. ”

 

Para esse a música que mais combina é com Adele Make you fell my love. 

Eu sei que você não se decidiu ainda
Mas eu nunca te faria nada de mal
Eu soube desde o momento que nos conhecemos
Não há dúvida na minha mente de onde você pertence

Será que quando tu ler terá essa mesma impressão deixe nos comentarios o que achou , ou se encontrar outra musica venha compartilhar =)

XoXo

Klau Tks

 

[Review] Brittainy C. Cherry – The Silent Waters

“Nem todas as coisas quebradas precisam ser corrigidas. Às vezes eles só precisam ser amados.”

Sobre a autora :Brittainy Cherry
Sobre o livro :  Skoob

 

 

Sinopse – 

the_silent_waters_1484753102590667sk1484753102bMomentos.

Nossas vidas são uma coleção de momentos. De alguma forma completamente doloroso e cheio de dores de ontem. Alguns maravilhosamente esperançosos e cheios de promessas de amanhã.

Eu tive muitos momentos na minha vida, momentos que me mudaram, me desafiou. Momentos que me assustaram e me engoliram. No entanto, os maiores – os mais dolorosos e deslumbrantes – todos o incluíam.

Eu tinha oito anos quando perdi minha voz. Um pedaço de mim foi roubado, e a única pessoa que realmente podia ouvir meu silêncio era Brooks Griffin. Ele era a luz durante meus dias negros, a promessa de amanhã, até que a tragédia o encontrou. Tragédia que o afogou em um mar de lembranças.  Esta é a história de um menino e uma menina que se amavam, mas não se amavam. Uma história de vida e morte. De amor e promessas quebradas. 

“Todo este tempo eu pensei que você estava lendo para escapar do mundo, mas agora eu sei, você não lia para escapar dele; Você lia para o descobrir.”

   Ás vezes a vida não acontece da maneira que você acha que deveria, muitas vezes momentos e pessoas , podem modificar e até mesmo traumatizar  por toda uma vida. Em quem confiar a partir dai ? Como retomar a vida após experiências tão traumatizantes ?

   A amizade entre Maggie May e Brooks é algo fascinante, sem cobranças, apenas aceitando um ao outro da maneira como ele realmente é. May pode ter deixado de se comunicar com o mundo da maneira convencional , mas não a impediu de viver atraves, dos livros, na segurança de seu lar. 

Às vezes as palavras eram mais vazias do que o silêncio.

Aqueles que acreditavam em você quando você não acreditava em si mesmo eram os que se mantinham firmes. “

    Com uma trama , com algumas reviravoltas, e descobrimentos inclusive de si próprios, Brittainy mais uma vez nos mostra que o diferente,  é mais comum do que imaginavamos. Basta não nos fecharmos as possibilidades, e muitas vezes precisamos, sacudir a poeira e irmos atras do nosso proprio final feliz. 

A música que mais identificou essa leitura é com Jessie J Flashlight. Relata bem essa união entre May e Brooks

Eu tenho tudo que eu preciso quando tenho a você e a mim
Olho ao meu redor e vejo uma vida boa
Estou presa no escuro mas você será como minha lanterna
Você me guia, me guia no meio da noite

XoXo

Klau Tks

[Review] Loretta Chase – As modistas #02 – Escândalo de cetim

”Escute-me, senhorita Inocência, há muitas coisas que um homem não pode se importar. Uma mulher quase nua não é uma delas.”

Sobre a autora :Loretta Chase
Sobre o livro :  Arqueiro , Skoob 
Leia um trecho – Escândalo de cetim – degustação

Sinopse –  Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, escandalodecetim_capawebSophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.

Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor… se sobreviverem um ao outro. Em Escândalo de cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.

“Basta ouvir”, disse ela. “Você não pode matá-lo a sangue frio.”
– Por que não?

    O que dizer dos livros da Loretta , concerteza entediado nunca irá ficar. Neste segundo volume ela nos mostra um dialogo bem humorado e situações nada normais  mas se tratando das irmãs Noirot o que é normalidade ? . Sophia tem a mente afiada para os negócios , gosta de tudo nos minimos detalhes, creio até que poderia ter um pouco de TOC, já Longmore é o espirito livre , alguem que não quer se preocupar com nada mais do que sua proxima diversão. Assim como Marcelline e Clevedon , esse é um casal improvável  que se mostra o mais certo possivel.

“Oh, bom,” ele murmurou. “Nós vamos discutir isso agora.”
“Sem discussão”,
“É perfeitamente simples. Ninguém deve
sempre saber . “

    Nossa história começa quando a irmã de Longmore, a cliente favorita e, consequentemente  mais rica da Maison Noirot, foge de casa, Sophy inicia uma louca perseguição com o homem que a testa além de toda lógica,atras dela. e acaba descobrindo que o desejo nunca foi tão perigoso

“Você sabia que poderia matar uma pessoa com um gorro?”, Ela disse.
“Eu não”, disse ele. “Você fala por experiência? Você assassinou alguém? Não que eu sonharia em criticar.

A principal musica do livro é com Neyo Miss Independent…

Porque ela anda como uma chefe
Faz o que uma chefe faz
Cara, ela me fez pensar
Em me deixar envolver

Esse é o tipo de garota que eu preciso

 

[Resenha] Nora Roberts -O par perfeito

“Os sentimentos precisam ser expressos, Hope. Eles nem sempre são entendidos como as pessoas gostam de assumir. “

Sobre a autora :Nora Roberts
Sobre o livro :  ArqueiroSkoob 

Leia um trecho : O par perfeito – Degustação

Sinopse :  Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seuparperfeito_capaweb jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro. Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.  Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?  No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

 ” Recomeçar tudo não estava nos seus planos, mas ela era boa em adaptálos ás circunstâncias.
     Se despedir de uma serie não é uma tarefa fácil, tanto para nós meros leitores quanto para os autores, a pressão deve ser enorme para eles. Como leitora acabo criando expectativas ,e nem sempre elas são correspondidas.  Então cá estou eu tentando falar um pouco deste final de trilogia , que conseguiu bater minhas expectativas. Em primeiro lugar Hope não será a primeira nem a ultima mocinha de livros (ou da vida real) que se apaixona por um de seus chefes, e não estou falando de  Ryder. Digo isso pois li e ouvi alguns comentarios falando que não gostaram do livro por ser clichê. Então eu lhe pergunto quantas histórias você leu ultimamente que não te lembrem outra ? Eu sei a rsposta quase nenhum certo? Então mesmo tendo este toque de clichê você não consegue parar de ler essa trama, ao mesmo tempo em que torçepara o casal principal, também estamos a procura do desfecho da história da Lizzie ( nossa fantasminha camarada e cupido nas horas vagas), e anciosos pelo depois do felizes para sempre de  Beckett  e Clare ( Um novo amanhã), e o de Avery e Owen ( Eterno namorado) . São tantas coisas acontecende que não tem como morrer de tédio .

”Você me faz rir, e  me faz querer. Me deixa ser e sentir quem eu sou. E  se apaixonou por mim mesmo quando não queria.”

   Então contrariando tudo o que tu ouvir de ruim, leia, não irá se arrepender, lembrando que alem das situações comicas que se encaixam perfeitamente no momento, ainda temos alguns comentarios que todo Geek irá entender a referência. No momento deixo com uma das partes que achei mais engraçadas … 

” pegou algum temporal inesperado ?

– Uma gerente com uma mangueira na mão.”

 

A música que mais marcou essa leitura foi com  sixpence none the richer com There she goes….

Lá vai ela outra vez
Pulsando pelas minha veias
E eu simplesmente não consigo conter
Esse sentimento que permanece


XoXo

KLau Tks

[Review] Julia Quinn – Os bridgertons 09 – E viveram felizes para sempre

”Seus filhos não seriam solitários. Ela queria um monte deles, um bando.Queria barulho e risadas ….”

Sobre a autora :Julia Quinn
Sobre o livro :  ArqueiroSkoob

Leia um trecho – E viveram felizes para sempre

Agradeço a Editora arqueiro por fornecer uma ARC para resenha.

SinopseAlguns finais são apenas o começo…

eviveramfelizes_capawebEra uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos…

Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.

Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?   A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.

 

” Violet, mas que diabo você esta fazendo na sala de visitas com uma torta?”

   Todo começo tem suas peculiaridades , e no caso de uma das mais conhecidas, numerosas e amorosas familias de Londres esse começo revela muito de seus descendentes. Antes de temos um conto de como tudo começou , como Violet encontrou Edmund. Temos os segundos epílogos dos livros. Pois depois do” Viveram felizes para sempre”, sempre tem uma boa história. E neste caso temos nove boas histórias e continuações . ou vocês nunca se perguntaram quais as tradições dessa pequena familia, é logico que um jogo de Pall mall nunca mais seria o mesmo. Ou Hyacinth conceguiu encontrar o que tanto buscava ? Amanda Crane encontrou alguem tão terrivel quanto ela ? 

”Não parecia haver muita chance de alegar completa inocência; tinha sido pega em flagrante’

     

  Bem você que acompanhou por oito livros a tragetória de cada Brigerton, sabe que eles sã a familia mais competitiva , e como diria um velho ditado ”a fruta não cai longe do pé” , então ler a história da matriarca desta familia, mostra que cada filho tem um pouquinho dela. E mesmo tendo  dado umas boas gargalhadas , fica aquele sentimento de abandono, sim eu sei que ainda veremos um ou outro Brigerton dando o ar da graça em outras series, mas não é a mesma coisa. Esse é o último livro, um final brilhante para uma familia fantástica.

Ps : a ordem das musicas dessa playlist é a mesma ordem dos livros ..

XoXo

Klau Tks

[Divulgação] Box Julia Quinn

 “Música ruim é muito mais engraçada do que boa música”

Julia Quinn

quarteto     

                  Hoje vim aqui falar do grupo menos musical . Porém mais amado e inesquecível, afinal não deve existir nenhuma casa em toda Londres desde 1807 que nunca tenha recebido um convite para o Recital anual das Smythe-Smith . Procure o melhor assento       ( de preferência no final da fila e torça para que Dayse não esteja  no programa) .

O fato que chama a atenção é que os quatro livros são lançados simultaneamente.  Em um box para lá de lindo ( Sim eu estou 15844799_696572740524256_886119927535708138_ocompletamente apaixonada pelo meu box) .

Bem vou parar de admirar meu box e tentar passar um pouco dessas histórias apaixonantes . 

   No primeiro livro  Simplesmente o paraiso  , temos um pouquinho da importância do recital Smythe-Smith, enquanto vibramos a cada nova descoberta com Honoria Smythe-Smith e Marcus.

”- Como você se sente? – perguntou ela, tentando encher o travesseiro. “Além de terrível, quero dizer.”
Ele moveu a cabeça ligeiramente para o lado. Parecia ser uma interpretação doentia de um encolher de ombros.
“Claro que você está se sentindo terrível”, ela esclareceu, “mas há alguma mudança? Mais terrível? Menos terrível?”

umanoitecomoesta_capaweb

Já em Uma noite como esta Vemos Daniel Smythe-Smith tentando desvendar os mistérios de Anne Wynter . 

“Daniel imediatamente se ajoelhou ao seu lado, puxando-a para perto. “Está tudo bem,” ele murmurou. “Tudo vai ficar bem.”
Anne sacudiu a cabeça. “Não, vai.” Ela olhou para cima, seus olhos brilhando de amor. “Vai ser muito melhor.”

 

Em A soma de todos os beijos temos a volta de Hugh Prentice e Sara Pleinsworth ( sim ela é uma das muitas primas dos Smythe-Smiths). Uma história entre uma musicista e um matemático , provando que o amor nem sempre vem do jeito que imaginamos.

”A música não era tão diferente da matemática. Era apenas padrões e sequências. A única diferença era que eles estavam pendurados no ar em vez de em um pedaço de papel. Dançar era uma grande equação. Um lado era som, o outro movimento. O trabalho do dançarino era torná-los iguais.”

15844313_696572923857571_1843552957234813996_o

E por último, mas não menos importante temos os mistérios de Sir Richard .  Iris se encontra presa em um casamento após uma situação comprometedora com Sir Richard, a vida dá reviravoltas com alguns  segredos. 

 

    “Ele não sabia se havia uma palavra para descrever o que sentia naquele momento, como  viu as linhas de seu próprio coração quando seus olhos se encontraram com os dela.”

     

 Agora que já estamos familiarizados com as histórias, vamos ao lindo box (esse aqui do lado é meu viu) . 16839786_1172944816137048_1888557992_n

Os quatro volumes estão aninhados em uma caixa, que tem a sensação de veludo , assim como as capas (Amei isso), ainda temos um card ,com uma breve descrição dos titulos , quatro marcadores imantados . e uma cartinha da Julia. Simplesmente fantástico .

 

     E para que é fã, é preciso ficar ligados pois (a diva, linda e fofa) Julia Qinn estará no Brasil em março ( fazendo dancinha da vitória) . Prestem atenção nas dadas e horários, e não esqueça que algumas cidades possuem senhas.

Tour Quarteto Smythe-Smith com Julia Quinn

5/3 | Nova Iguaçu:  https://www.facebook.com/events/264939383928920/

 

     Anotou ? vê se não vai esquecer heim . Só mais um lembrete antes de eu me perder nos Bridgerton’s novamente . Dia 10 de março eu estarei no evento de Curitiba ( quiiiiiiii) então é a chance de conhecer essa blogueirinha que vos escreve. caso seja de outra cidade estarei postando as fotos no Instagram ( segue lá Ig da Klau ) . Espero que tenham gostado do post de hoje e logo mais trarei novidades … 

XoXo

KLau Tks